Competições

» O JOGO

Tendo saído na frente no duelo contra o Granada, e com a classificação bem encaminhada paras as semifinais da Europa League, Manchester United foi à Londres neste domingo (11), para confronto contra o Tottenham, em partida válida pela 31ª da Premier League. Os Red Devils queriam dá o troco nos Spurs, já que no primeiro turno o time de José Mourinho aplicou uma goleada histórica em seu ex-clube. Os donos da casa tiveram uma boa chegada logo no começo, o brasileiro Lucas recebe virada de jogo pela direita e, sozinho, se infiltra na área, ele finaliza mas Shaw faz belo bloqueio e a bola passa por cima do gol de Henderson.

A partida fica bastante dura no meio-campo, muitas faltas das duas equipes. O Tottenham, com bem mais posse de bola, usa os lados do campo para chegar à área dos Reds, enquanto o Manchester tem dificuldade de atacar com eficácia o campo adversário. No minuto 16, Rashford realiza o primeiro lance de perigo para o United. Bruno Fernandes alça a bola para área encontrando Pogba, o volante salta e consegue cabecear meio desengonçado para baixo, deixando a bola com Cavani, o camisa 7 toca de primeira para Rashford que só não estufou pro gol de Lloris pois Dier se joga na frente para fazer um bloqueio fundamental.

Aos 33 minutos, Manchester United abre o placar com Cavani, que após receber passe genial de Pogba, onde o mesmo tocou entre as penas do marcador encontrou o atacante uruguaio que ficou cara a cara com o goleiro dos Spurs, ele bate na saída de Lloris e faz o gol. Contudo, o lance é revisado pelo VAR e, na sua origem, foi constatada a falta de McTominay em cima de Son, o jovem volante ao tentar sair da marcação do adversário acaba acertando o mesmo no rosto com mão, assim, invalidando o gol. Pouco tempo depois, na marca dos 40 minutos, Tottenham chega ao gol com Son. Lindelöf não consegue cortar passe de Kane pra área e Lucas recebe em condição de bater, mas resolve tocar para o lado, encontrando seu companheiro de ataque sozinho de frente pro gol aberto, ele só teve o trabalho de tocar pro fundo da rede.

» SEGUNDO TEMPO

A segunda etapa começou favorável ao United, atrás do placar, era preciso que os comandados de Solskjær fossem pro ataque, caso quisessem tirar o prejuízo e reverter as coisas na partida. Foi o que aconteceu. Aos 55 minutos Pogba lança pro outro lado do campo encontrando Wan-Bissaka, o lateral passa para McTominay que, de primeira, finaliza muito bem para o gol de Lloris, exigindo que o goleiro fizesse uma defesa sensacional no cantinho, espalmando para o lado. Instantes depois, enfim, os Red Devils chegaram ao gol de empate, após troca de passes rápida à frente da área adversária, Fred acha Cavani se infiltrando dentro da área nas costas da marcação, o uruguaio bate pro gol mas Lloris consegue defender, contudo no rebote, Fred se encontrava na pequena área, ficando com a sobra para estufar o gol do Tottenham.

No minuto 59, os Spurs respondem em lance perigoso. Aurier consegue passar pela marcação, ele chuta mas é travado, a bola fica viva na área e Son chega nela e bate rasteira, contudo Henderson estava atendo no lance e faz grande defesa com os pés. O jogo ficava cada vez mais frenético, ambos os times acelerando suas investidas e tendo possibilidade de ampliar o placar dentro do Tottenham Hotspur Stadium. Mas foi o United que conseguiu transformar a pressão em gol novamente. Greenwood, pela direita, cruza para dentro área e a bola passa por toda defesa, encontrando Cavani que, de peixinho, cabeceia no cantinho do gol de Lloris, não dando chances ao goleiro francês, que ainda pulou para evitar a virada do time visitante, mas não conseguiu chegar nela.

Os Spurs quase chegaram ao empate na marca dos 83 minutos, já na reta final do jogo, após escanteio batido no canto direito. A bola é alçada à área e, no meio da confusão, Cavani salva em cima da linha, a bola ainda resvala na trave de Henderson. Por pouco o time de Mourinho não igualava o placar. O jogo estava tão bom que o árbitro deu 6 minutos de acréscimos, era o tempo do Tottenham empatar a partida ou do Manchester United ampliar o placar. E não deu outra. Já estourando o tempo, aos 96 minutos, Pogba faz belíssima jogada, toca para Greenwood na direita, o atacante não perdoa e lança um balaço pro gol, Lloris não conseguiu evitar o terceiro gol do United dentro da casa da equipe londrina.

Detalhes

Escalações

Tottenham: Lloris; Aurier, Rodon, Dier, Reguilon; Hojbjerg, Ndombelé (Lamela 78’), Lo Celso (Sissoko 61’); Lucas (Bale 82’), Son e Kane

Manchester United: Henderson; Wan-Bissaka, Lindelöf, Maguire, Shaw; McTominay, Fred; Pogba, Bruno Fernandes (Matic 90’), Rashford (Greenwood 72’) e Cavani

Gols

Tottenham: Son (40’)

Manchester United: Fred (57’), Cavani (79’) e Greenwood (96’)

 Cartões Amarelos

Tottenham: Sissoko (92’)

Manchester United: McTominay (18’), Cavani (41’), Fred (48’), Shaw (67’) e Maguire (69’)

Comentários