Pré-Jogo

Neste domingo o United enfrentou o grande rival Liverpool, pela rodada de número 22 da Barclays Premier League, a partida foi realizada no Old Trafford, e as duas equipes apresentaram um bom futebol com muitas chances de gols principalmente do United que foi melhor no jogo. Destaque para a presença do “espião” José Mourinho que assistiu a vitória do United. outro destaque foi o aperto de mão entre P. Evra e L. Suárez o que demonstrou uma aparente paz entre os dois.

O Jogo

Atuando no Teatro dos Sonhos, o Manchester United desde os primeiros minutos começou impondo seu ritimo de jogo e apertando forte a marcação na saída de bola do Liverpool, que tinha os volantes Lucas e Gerrard como únicas válvulas de escape. Luis Suárez, isolado no campo de ataque, disputava com Ferdinand e Vidic, mas pouco incomodava aos zagueiros rivais.

A forte pressão do United deu certo, e o M. United abriu o placar aos 19 minutos. Depois de uma boa troca de passes, entre Cleverley e o lateral Evra que desceu pelo lado esquerdo e cruzou rasteiro para Robin van Persie que dentro da área se antecipou aos defensores e desviou de perna esquerda para as redes sem chances para Reina, este foi 17º gol na EPL.

Mesmo após o gol, o United não recuou e continuou exercendo marcação acirrada nos jogadores adversários. Com Suárez cada vez mais isolado, o Liverpool não conseguia chegar ao gol de De Gea e foi para os vestiários em desvantagem no marcador.

Segundo tempo de pressão

A segunda etapa começou da mesma maneira que o primeiro tempo. O time comandado por Sir Alex Ferguson manteve sua postura ofensiva, e a sua forte aplicação tática na marcação e criou boas oportunidades de aumentar a vantagem. Aos nove minutos, Van Persie cobrou falta na segunda trave, Evra cabeçeou e o zagueiro Vidic desviou para aumentar a vantagem no placar.

O segundo gol causou reação nos jogadores do Liverpool. O treinador Brendan Rodgers adotou uma postura mais ofensiva e tirou o volante Lucas ex-Grêmio para colocar a recente contratação D. Sturridge. A resposta aconteceu aos 12 minutos, quando Gerrard chutou uma bola rasteira na entrada da área, e De Gea espalmou para frente no pés de Sturridge. No rebote, o atacante chutou forte e diminuiu para os visitantes, 2 a 1.

Com Sturridge em campo, Suárez começou a ganhar mais espaço em campo e ofereceu novas opções ao meio de campo do Liverpool. A melhora na criação de jogadas era fácil de ser notada e a equipe visitante buscava o empate. Mas, mesmo com o esforço, os nossos maiores rivais não tiveram êxito na tentativa e saíram de Old Trafford de cabeça baixa.

Com a vitória no clássico (o mesmo placar do confronto no primeiro turno, em Anfield Road), o Manchester United chega a nove jogos sem perder e à quarta vitória seguida no Campeonato Inglês, subindo para 55 pontos. O United agora joga no meio dessa semana, Copa da Inglaterra no replay contra o West Ham, novamente em Old Trafford. Já Pela Premier League, o United jogará diante do Tottenham em Londres no próximo domingo.

Detalhes da Partida

Escalações

Manchester United: De Gea, Rafael, Ferdinand, Vidic (Smalling 79), Evra, Carrick, Cleverley, Young (Valencia 46), Kagawa (Jones 77), Welbeck, Van Persie

Liverpool: Reina, Wisdom, Skrtel, Agger, Johnson, Lucas (Sturridge 46), Downing, Gerrard, Allen (Henderson 80), Sterling (Borini 62), Suarez

Gols
Van Persie (19′) e Vidic (54′) – Manchester United
Sturridge (57′) – Liverpool

Cartões Amarelo
Patrice Evra (74′) – Manchester United
Lucas (45 + 4′), Martin Skrtel (53′), Glen Johnson (76′), Daniel Agger (90 + 4′) – Liverpool

Por Murilo Ribeiro
www.mufcbr.com

Comentários