Competições

» O JOGO

Dando continuidade aos jogos de pré-temporada, Manchester United entrou em campo neste sábado (24) para o amistoso contra o Queens Park Rangers, time que atualmente disputa a Championship, segunda divisão inglesa. O duelo foi realizado na casa do QPR, no estádio Loftus Road, em Londres. Com o time bastante modificado, o que é normal pois muitos dos jogadores ainda estão de férias, os Red Devils abriram o placar logo cedo. Greenwood toca para Pellistri livre pelo meio indo ao ataque, o jovem uruguaio ajeita de primeira para Lingard que entra sozinho na área e de cara com o goleiro. Com tranquilidade, o camisa 11 bate no canto direito do gol, tirando qualquer chance de Dieng fazer a defesa.

Mesmo tendo começado atrás do placar bem no início, os Rangers não quiseram saber da grandeza de seu adversário e foram pra cima na sequência do gol levado, rapidamente reagiram e conseguiram chegar ao empate quatro minutos após o gol sofrido. Barbet faz belo cruzamento da esquerda e encontra Charlie Austin que, livre de marcação, cabeceia forte no chão, mandando para o fundo da rede de Heaton, deixando tudo igual com apenas sete minutos de jogo.

Depois do empate dos donos da casa, o Manchester United não conseguiu ser produtivo em suas ações ofensivas, viram o adversário bem melhor em campo e tendo um ligeiro domínio da posse da bola. Ainda que estivessem melhor em campo, os Rangers também não levaram perigo ao gol de Heaton, foram apenas duas finalizações feitas nos primeiros 45 minutos, e uma delas resultando em gol.

» SEGUNDO TEMPO

Na volta para a segunda etapa, Ole Gunnar Solskjær fez quatro substituições para dar rodagem ao elenco, colocou Elanga, Garner, Mata e Grant nas vagas de Matic, Pellistri, James e Heaton. As trocas feitas pelo time mandante surgiram mais efeito, aos 63 minutos após bola desviada pela defesa do United no cruzamento, ela aparentava sair pela linha de fundo, mas Wallace se antecipa e a recupera, em seguida cruza para trás indo de encontro a Dykes que, sozinho, bate de chapa pro gol, a bola ainda desvia no caminho antes de entrar no gol.

Poucos minutos após ter virado o placar, o Queens Park Rangers aproveitou o blecaute do Manchester United e enfileirou mais dois gols seguidos. Primeiro Odubajo saiu cortando para dentro com toda tranquilidade mundo, até soltar uma pancada de fora da área e fazer o terceiro. Em seguida Dykes adentra na área e dribla Williams sem dificuldade alguma, corta buscando o ângulo e chuta rasteiro no canto do gol de Grant, que entrou no segundo tempo.

Na metade do segundo tempo Ole Gunnar Solskjær aproveitou para mexer ainda mais na equipe, Mejbri, Levitt, Galbraith e Shoretire entraram nos lugares de Andreas Pereira, Greenwood, Lingard, Bissaka. O Manchester United diminui no minuto 73 com Elanga. O jovem domina bonita o passe forte dado por Shoretire, ajeita a bola na entrada da área e bate no canto do gol.

Detalhes

Escalações

 Queens Park Rangers: Dieng (Walsh 46′), Odubajo (Kelman 61′), Dckie (Masterson 61′), de Wijs (Dunne 46′), Barbet (Thomas 61′), Wallace (Kakay 61′), Ball (Bettache 78′), Dozzell, Willock (Adomah 61′), Chair (McCallum 61′), Austin (Dykes 46′)

Manchester United: Heaton (Grant 46′), Wan-Bissaka (Galbaith 68′), Mengi (Fish’), Tuanzebe (Bernard 78′)e Williams (Hugill 78′), Matić (Garner 46′), Andreas Pereira (Mejbri 68′) e Lingard (Levitt 68′), Pellistri (Mata 46′), James (Elanga 46′) e Greenwood (Shoretire 68′)

Gols

Queens Park Rangers: Austin (07′), Dykes (53′), Odubajo (58′) e Dykes (59′)

Manchester United: Lingard (03′) e Elanga (73′)

 

 

Comentários