Competições

» O JOGO

Com duas vitórias nos último dois jogos da Premier League e a classificação obtida na Copa da Liga, o Manchester United foi até o King Power Stadium enfrentar o Leicester, em partida da 15º rodada da Premier League, em confronto que definiria qual equipe poderia ocupar a segunda posição da competição. Pela importância da partida, o confronto começou com boas oportunidades, logo no primeiro minuto, o United subiu ao ataque com passes rápidos, que terminou no passe por alto do Bruno Fernandes que encontrou o Rashford livre dentro da área, mas que cabeceou por cima do travessão. A resposta do Leicester veio no minuto seguinte, Justin cruzou pela direita e o Vardy conseguiu chutar, mas por cima do gol.

Os foxes pressionavam muito e criava boas oportunidades ofensivas, a melhor aconteceu aos 8 minutos, quando Vardy recebeu passe em profundidade e avançou livre, mas chutou para fora na saída do De Gea. Sofrendo uma forte marcação, o United encontrava dificuldades para oferecer perigo, apesar de conseguir manter a posse de bola no campo adversário. Em uma das poucas ações próximo a área do Leicester, o Manchester United abriu o placar aos 22 minutos, após cobrança de lateral, Daniel James deu passeu na ponta da área, Bruno Fernandes conseguiu desviar levemente para o Rashford, que dentro da área e sem marcação, bateu colocado tirando do Schmeichel.

A equipe mandante buscava o empate, contudo não finalizava apesar da manter mais posse de bola e pressionar muito. O Leicester chegou ao empate aos 30 minutos, quando Bruno Fernandes bobeou e perdeu a bola próximo a área, Maddison aproveitou e deu passe para Barnes, que chutou muito forte para igualar o placar. Ainda com certa dificuldade para entrar na área e finalizar, a equipe red devil aproveitava as bolas paradas para oferecer perigo, como o lance que aconteceu aos 36 minutos, quando Shaw cobrou falta para o meio da área, Bruno Fernandes subiu para desviar, contudo mandou por cima do gol, no último lance de perigo antes do intervalo.

» SEGUNDO TEMPO

A segunda etapa foi equilibrada por poucos minutos, o Leicester seguia com mais posse de bola e no campo de ataque, enquanto que a equipe red devil encontrava dificuldades para sair com a bola, porém apesar da dificuldade, foi quem primeiro ofereceu perigo na segunda etapa, McTominay ganhou a disputa no meio, Fred aproveitou e deu passe para o Rashford, que recebeu em profundidade e invadiu a área para chutar cruzado, contudo parando na grande defesa do Schmeichel, aos 59 minutos. O United até chegou a marcar aos 60 minutos, mas o Martial recebeu passe em posição de impedimento, o assistente marcou a irregularidade que foi validada pelo VAR.

Apesar da partida bastante movimentada, os goleiros não tinham muito trabalho, principalmente o De Gea, que não sofreu nenhuma finalização em gol. Com dificuldades para chegar na área adversário, o United seguia aproveitando as bolas paradas para oferecer perigo, como aos 69 minutos, em nova cobrança de falta levantada na área, Maguire cabeceou por cima do gol. O ritmo foi diminuindo, contudo o United ganhou muito com as entradas do Pogba e do Cavani, a entrada do francês deixou a equipe red devil com mais movimentação no meio, enquanto que a entrada do uruguaio foi essencial para permitir que as jogadas ofensivas levassem mais perigo.

O uruguaio foi essencial para o segundo gol red devil, quando recebeu passe do Bailly e deu um leve toque para o Bruno Fernandes, receber dentro da área para chutar cruzado e tirar qualquer chance de defesa do Schmeichel, aos 78 minutos. A vantagem red devil durou até os 84 minutos, quando Pérez deu passe pela direita e o Vardy, livre, desviou para deixar o placar em igualdade. O United pressionou nos minutos finais, mas não chegou a oferecer perigo e apesar de ficar em vantagem no placar por duas vezes, quebrou a sequência de 10 vitórias seguidas jogando fora de casa pela Premier League.

Detalhes

Escalações

Leicester City: Schmeichel, Justin, Fofana, Evans, Castagne; Ndidi, Tielemans, Albrighton (Pérez 80′), Barnes, Maddison e Vardy

Manchester United: De Gea, Lindelöf (Tuanzebe 65′), Bailly Maguire, Shaw; McTominay, Fred; Daniel James(Pogba 53′), Rashford, Bruno Fernandes e Martial (Cavani 74′)

Gols

Leicester City: Barnes (30′) e Vardy (84′)

Manchester United: Rashford (22′) e Bruno Fernandes (78′)

Cartões Amarelos

Leicester City: Maddison (54′) e Ndidi (88′)

Manchester United: Bruno Fernandes (45′)

Comentários